Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Saúde | Edição #363 - 13/06/2013

Mal aplicada, química capilar oferece riscos

Quando não são usados por profissionais, esses produtos podem agredir o corpo e acarretar traumas para o resto da vida

Cris Gabino
Aluna de Jornalismo

Comentários
 

Escova definitiva, progressiva, inteligente, marroquina, japonesa, enfim, hoje existem os mais variados nomes para alisamento dos fios crespos. Praticamente todas as técnicas tem a mesma fórmula, tioglicolato de amônia ou hidróxido de sódio.

Atualmente os cabelos lisos são muito procurados pelas mulheres. Muitas só pensam no resultado final, mas não investigam o profissional que aplicará o produto, nem mesmo o procedimento que será realizado.

 Formol, como alisante capilar, é proibido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária

Em 2004 o Instituto Nacional de Câncer (Inca), divulgou que o formol foi classificado como um agente reconhecidamente cancerígeno é o que afirmou Ubirani Barros Otero Epdermologista do Inca em entrevista ao fantástico dia 29 de janeiro de 2012. O formol como alisante capilar, o que é proibido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), segundo a Resolução RDC 36, de 17 de junho de 2009.

Foto: Cris Gabino

A resolução proíbe a exposição, a venda e a entrega ao consumo de formol ou de formaldeído, em farmácias, supermercados, armazéns e empórios, e lojas de conveniência. O formol é somente autorizado na indústria de cosméticos para a conservação de produtos e como agente endurecedor de unhas.

No site da Anvisa a agencia esclarece que o  uso indevido do formol pode oferecer sérios riscos à saúde, tanto para a pessoa que aplica o produto quanto ao cliente que o recebe. Sintomas, como irritação, coceira, queimadura, inchaço, descamação e vermelhidão do couro cabeludo, queda de cabelo, ardência e lacrimejamento dos olhos, falta de ar, tosse, dor de cabeça, ardência e coceira no nariz, pelo contato direto com a pele ou o vapor. Várias exposições podem causar também boca amarga, dor de barriga, enjoos, vômitos, desmaios, feridas na boca, narinas e olhos, e câncer nas vias aéreas superiores (nariz, faringe, laringe, traqueia e brônquios), podendo levar à morte.

No ultimo dia 31 de maio em São Paulo, uma mulher de 27 anos sofreu um AVC (acidente vascular cerebral), após realizar o procedimento da escova progressiva em casa.

Toda pessoa deve ter cuidado ao buscar locais e profissionais adequados para a realização de transformações capilares. É importante saber qual a base do produto que será aplicado no cabelo, e se este é autorizado pela Anvisa.

A dermatologista Bruna Duque Estrada especialista em doenças dos cabelos e do couro cabeludo, em entrevista para o globo ciência, alerta que muitas reações adversas ao alisamento provêm da falta de protocolo dos profissionais que aplicaram o produto nos clientes. “É importante levar em conta o tempo de exposição, e, principalmente, a qualidade do produto. Os que se submetem não só ao alisamento, mas a qualquer procedimento estético, devem buscar centros de beleza com profissionais adequados”, reforça.

 

Discussão e comentários »

Um comentário | Deixe seu comentário

vanessa de oliveira disse:

todos os produtos com formol exagerado sem dizer pra gente o quanto colocaram, foram registrados na anvisa…então fica dificil dizer que aplicação muda essa historia, cade a fiscalização???
por acaso é mais barato pagar o tratamento das doenças causadas , inclusive cancer, do que pagaro os ficais pra trabalhar…..B R A S I L ( MEU DESABAFO)
AS CLIENTES PROCURAM O SERVIÇO PORQUE O CABELO FICA PERFEITO , CABE AO GOVERNO IMPEDIR QUE O FORMOL CHEGUE NAS MAOS DO FABRICANTE….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

35.194 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Notícias

 

Calendário

junho 2013
S T Q Q S S D
« mai   jul »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

galeria de fotos

Cazuza Chico Buarque Mario Quintana

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.