Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #393 | 03/07/2014 - Ano XV
 
Crítica de Mídia | Edição #364 - 20/06/2013

A evolução existe, mas o cuidado deve persistir

A juventude dispõe de energia para crescer, mas falta de experiência leva integrantes do JMP a regredirem alguns pontos

Carolina Giacomini
Aluna de Jornalismo

Comentários
 

Claro que, como todo jornal, feito por pessoas, o Jornal Matéria Prima tem falhas. Pode-se perceber que nas edições deste ano, na maioria das vezes, essas falhas estão relacionadas com a ingenuidade e falta de experiência de quem o produz, já que as publicações são feitas por ainda estudantes, e não profissionais de jornalismo. No entanto, nem tudo está perdido. Também é possível perceber que existe, muitas vezes, evolução, tanto na escolha dos assuntos a serem trabalhados como na construção dos textos.

Deve-se pensar em fazer o melhor, gostar do que faz e doar-se

A jornalista Ana Estela de Sousa Pinto, no livro “Jornalismo Diário”, defende que três fatores são essenciais para alcançar sucesso nessa profissão: talento, conhecimento e experiência. O primeiro, diz ela, não tem como mudar, as pessoas nascem com isso formado. Conhecimento e experiência adquire-se com o tempo, com a prática, o exercício, o estudo. Dependem da disposição e empenho exercidos pelo profissional. Deve-se pensar em fazer o melhor, gostar do que faz e doar-se.

O uso da pauta também é fundamental para o bom jornalismo

Na defesa pela profissão, Ana Estela Pinto lembra que o uso da pauta também é fundamental para o bom jornalismo. Uma boa pauta norteia, nesse caso, o futuro repórter e facilita o trabalho na hora da apuração das informações e elaboração dos textos. Esse é outro ponto que está interferindo negativamente nas edições de 2013 do JMP: a falta de cuidado na preparação de pautas mais completas.

Saber e pôr em prática os princípios básicos do jornalismo, como pesquisar sobre o assunto, conseguir encontrar confiáveis e acessíveis fontes e extrair o máximo de informações é mais de meio caminho andado para que o texto seja correto e distinto, despertando assim o interesse e prestígio dos leitores.

O trabalho em equipe também ajuda a compor a boa escrita e, nessa parte, os integrantes do JMP mostram a evolução. No início do ano, os textos eram mais simples e mecânicos. Com o passar das edições, percebe-se que ganharam aprofundamento e sensibilidade, mesmo que ainda apresentem algumas falhas.

Os alunos devem atentar-se para os principais deslizes cometidos e entregar-se, de corpo e alma, às reportagens

Elogios e críticas rodeiam o JMP. E os integrantes deste ano, para escapar dessa montanha-russa, cheia de altos e baixos, devem atentar-se para os principais deslizes cometidos, consultando livros e manuais, e entregar-se, de corpo e alma, às reportagens, garantindo ao leitores publicações bem feitas e de qualidade.

(Foto: Carol Giacomini)

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Notícias

 

Calendário

junho 2013
S T Q Q S S D
« mai   jul »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

galeria de fotos

Relógios de bolso Dodge Charger RT Dodge

enquete

Você doaria algumas horas do seu descanso para realizar um trabalho voluntário?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário de Maringá - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou do CESUMAR

©2011-2013 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.