Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #384 | 10/04/2014 - Ano XV
 
Crítica de Mídia | Edição #364 - 20/06/2013

A evolução existe, mas o cuidado deve persistir

A juventude dispõe de energia para crescer, mas falta de experiência leva integrantes do JMP a regredirem alguns pontos

Carolina Giacomini
Aluna de Jornalismo

Comentários
 

Claro que, como todo jornal, feito por pessoas, o Jornal Matéria Prima tem falhas. Pode-se perceber que nas edições deste ano, na maioria das vezes, essas falhas estão relacionadas com a ingenuidade e falta de experiência de quem o produz, já que as publicações são feitas por ainda estudantes, e não profissionais de jornalismo. No entanto, nem tudo está perdido. Também é possível perceber que existe, muitas vezes, evolução, tanto na escolha dos assuntos a serem trabalhados como na construção dos textos.

Deve-se pensar em fazer o melhor, gostar do que faz e doar-se

A jornalista Ana Estela de Sousa Pinto, no livro “Jornalismo Diário”, defende que três fatores são essenciais para alcançar sucesso nessa profissão: talento, conhecimento e experiência. O primeiro, diz ela, não tem como mudar, as pessoas nascem com isso formado. Conhecimento e experiência adquire-se com o tempo, com a prática, o exercício, o estudo. Dependem da disposição e empenho exercidos pelo profissional. Deve-se pensar em fazer o melhor, gostar do que faz e doar-se.

O uso da pauta também é fundamental para o bom jornalismo

Na defesa pela profissão, Ana Estela Pinto lembra que o uso da pauta também é fundamental para o bom jornalismo. Uma boa pauta norteia, nesse caso, o futuro repórter e facilita o trabalho na hora da apuração das informações e elaboração dos textos. Esse é outro ponto que está interferindo negativamente nas edições de 2013 do JMP: a falta de cuidado na preparação de pautas mais completas.

Saber e pôr em prática os princípios básicos do jornalismo, como pesquisar sobre o assunto, conseguir encontrar confiáveis e acessíveis fontes e extrair o máximo de informações é mais de meio caminho andado para que o texto seja correto e distinto, despertando assim o interesse e prestígio dos leitores.

O trabalho em equipe também ajuda a compor a boa escrita e, nessa parte, os integrantes do JMP mostram a evolução. No início do ano, os textos eram mais simples e mecânicos. Com o passar das edições, percebe-se que ganharam aprofundamento e sensibilidade, mesmo que ainda apresentem algumas falhas.

Os alunos devem atentar-se para os principais deslizes cometidos e entregar-se, de corpo e alma, às reportagens

Elogios e críticas rodeiam o JMP. E os integrantes deste ano, para escapar dessa montanha-russa, cheia de altos e baixos, devem atentar-se para os principais deslizes cometidos, consultando livros e manuais, e entregar-se, de corpo e alma, às reportagens, garantindo ao leitores publicações bem feitas e de qualidade.

(Foto: Carol Giacomini)

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Notícias

 

Calendário

junho 2013
S T Q Q S S D
« mai   jul »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

galeria de fotos

Dodge Charger RT Eurogarden Relógios

enquete

Você acha que a mulher disputa com o homem postos de chefia no mercado de trabalho

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário de Maringá - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou do CESUMAR

©2011-2013 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.