Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Crítica de Mídia | Edição #355 - 04/04/2013

Os dois lados da moeda têm o mesmo valor

Na busca pela melhor imagem e notícia em primeira mão, às vezes emissoras atropelam fundamento básico jornalístico

Priscila Stadler
Aluna de Jornalismo

Comentários
 

Equipe do Paraná TV na cobertura da operação contra som alto (Foto: Priscila Stadler)

No dia 20 de janeiro deste ano a Guarda Municipal, junto com a Setrans (Secretaria de Transporte e Segurança), Polícia Militar e a Prefeitura de Maringá, coordenou uma operação de fiscalização para combater o som alto que atrapalhava o sossego dos frequentadores da Praça Dom Manuel da Silveira, a “Praça da Catedral”, localizada na região central.

No dia seguinte, a RPC TV (Rede Paranaense de Comunicação) veiculou reportagem no telejornal local – Paraná TV 1º Edição -, mostrando apenas que o “governo” cumpriu o papel de intervir e prezar pelo bem da população, e que a operação de fiscalização surtiu efeito. Aparentemente, não houve o interesse da emissora em buscar saber o que os possíveis “baderneiros” tinham a dizer. Pelo menos, nesse episódio, o “outro lado” da história não foi ouvido.

Jhoni Augusto de Oliveira, 21, um dos motoristas que teve o automóvel apreendido na fiscalização, admitiu que usava equipamentos para aumentar a potência do som, mas garante que não estavam ligados no momento da operação. “Eu estava de boa com minha família, aproveitando o domingo, e, no final das contas, acabei preso”, comenta.

Marcio da Silva, 30, expedidor de uma fábrica de estofados da cidade de Maringá, também preso na operação, questionou a medida. Em audiência no dia 22 de março indagou a promotoria sobre os responsáveis pela então “baderna” na Praça da Catedral, mas não obteve resposta. “Perguntei sobre os outros ‘caras’ que estavam com o som ligado e por que não estavam respondendo ao processo também, mas não quiseram nem ouvir.”

Na busca pela melhor imagem e a melhor informação, correndo sempre contra o tempo para transmitir a notícia em primeira mão, às vezes as emissoras atropelam o fundamento básico jornalístico, de ouvir os dois lados da história. Nesse episódio ficou claro que a RPC TV deixou de expor ao telespectador a versão dos “prejudicados”.

O meio de comunicação tem total liberdade para divulgar uma notícia, mas é uma liberdade que precisa contribuir

No livro “Sobre Ética e Imprensa” (2000), Eugênio Bucci relata a necessidade de três pontos fundamentais quando se trata de valores individuais e sociais na ética jornalística. É preciso, em primeiro lugar, “Racionalidade”. Compreender, pensar, raciocinar sobre o que se deve fazer. É indispensável antes de tudo pensar sobre as consequências futuras. Em segundo, “Liberdade”. O meio de comunicação tem total liberdade para divulgar uma notícia, mas essa liberdade precisa contribuir para a sociedade. E, por fim, “Responsabilidade”. A partir do momento que a reportagem é veiculada, a empresa assume total risco. Ao mesmo tempo que temos o poder de nos expressar, é preciso contar com certa vigilância. O jornalista tem sempre que observar os direitos e necessidades do público.

O poder da informação está nas mãos da imprensa, mas não significa que não deva haver respeito aos direitos de expressão e de defesa. Dar voz também ao outro lado é postura ética e é o que torna crível o compromisso que o jornalismo assume com os cidadãos . É um exercício diário para o jornalista e que exige, antes de tudo, bom senso.

Discussão e comentários »

2 comentários | Deixe seu comentário

Leco Mendes disse:

Parabens Priscila otima materia esta no caminho certo…

Suelene Palma Eodrigues da Silva disse:

Otima materia, eu por acaso estava presente na praça da catedral nesse dia e presenciei todo o abuso de autoridade imposto a esses rapazes, e quem realmente estava fazendo a baderna nem sequer foi foram ouvidos e quem ficou com o prejuizo foi exatamente quem estava realmente com o som do carro desligado no momento, foi muito revoltante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.872 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Conhecida como a 'garota da Comunidade do Conhecimento', hoje, ela não só faz jornalismo, mas o vive.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

abril 2013
S T Q Q S S D
« dez   mai »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

galeria de fotos

Mark Twain Cazuza Chico Buarque

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.