Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Cidade | Edição #357 - 18/04/2013

Grevíleas: o “remédio natural” da Zona 5

Parque da região central é visto como a academia sem paredes daqueles que buscam aliar saúde e bem estar à natureza

Andreia Melero
Aluna de Jornalismo

Comentários
 

Depois de um dia exaustivo de trabalho, as pessoas voltam para casa apenas pensando no descanso merecido, correto? Errado. Para grande parte dos moradores da Zona 5, região central da cidade, o dia ainda não terminou. O que se vê nas proximidades do Parque das Grevíleas, área de lazer que é quase um “xodó” do bairro, é muito pique, animação e disposição.

Parque das Grevíleas: saúde e disposição todos os dias (Foto: Andréia Melero)

No parque, as pistas de cooper, ciclovia e o espaço para ginástica são compartilhados por maringaenses que, além de cuidarem da saúde e bem estar, também desfrutam do contato com a natureza e vizinhança.

Com liberdade quanto a horários, o parque oferece espaço e comodidade  para quem busca sair do sedentarismo a qualquer hora e em qualquer dia, sem desculpas para ceder à preguiça típica dos fins de semana. É o que explica, depois de uma corrida suada, a professora Lúcia Galvão, 50, moradora da Zona 5 e frequentadora assídua do parque. Lúcia confessa que paga mensalidade em uma academia, mas nunca aparece por lá. “Prefiro mesmo olhar diretamente para o céu, respirar ar puro e sair da selva de pedra. E ainda perco uns quilinhos com tudo isso. É ótimo para o corpo e mente.”

Preciso perder peso. Não só para melhorar a saúde, mas também para ficar melhor comigo mesma, afinal, se eu não cuidar de mim e me amar, quem vai?

Em uma batalha contra o peso, a dona de casa Sandra Maria de Lima, 47, vai se exercitar no parque todos os dias, de manhã e à tarde. Sandra começou a caminhar com mais duas amigas, em dezembro do ano passado.Com o fim do Horário de Verão, a disposição das amigas de Sandra também acabou, mas ela se mantém firme em seu objetivo. “Preciso perder peso. Não só para melhorar a saúde, mas também para ficar melhor comigo mesma, afinal, se eu não cuidar de mim e me amar, quem vai?”

Nos parques, academias e até mesmo em casa, qualquer exercício é válido. O que não pode é deixar de lado a segurança. “Os parques da cidade são muito bons, mas estão precários. Não têm suporte da prefeitura. Na academia, além de fazermos amizades, também temos segurança, conscientização, manutenção e auxílio profissional”, afirma Viviane Neves, 30, personal trainer de uma das academias da Zona 5.

Cuidar da saúde e da mente tem que ser foco e princípio, segundo a psicóloga Andrea Beluni, 32. Além de aproximar as pessoas, o exercício também as faz amadurecer, perder o preconceito e se conhecer intimamente. Quem disse que não dá para ser feliz?

Discussão e comentários »

Um comentário | Deixe seu comentário

Realmente os usuários de parques da cidade sofrem muito com a falta de segurança. Como exemplo mais clássico temos o Parque do Ingá, no qual “vira e mexe” alguém é roubado. Mas ainda que isso seja um empecilho muito forte o povo maringaense ama exercitar-se e nos últimos anos vários bairros da cidade, inclusive o meu, ganharam pistas de caminhadas, ATI e afins. O que é um bom sinal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.041 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Viciada em livros, música e séries. Tempo nublado, café e carinho sempre se encaixam.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

abril 2013
S T Q Q S S D
« dez   mai »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

galeria de fotos

George Carlin Chico Buarque Cazuza

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.