Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Literatura | Edição #352 - 20/11/2012

Esbarrões na vida, emoções no coração

Ele, enquanto corria para casa, não poderia imaginar a emocionante surpresa que aquela tarde reservava

Joel Silva
Aluno de Jornalismo

Comentários
 

Era a hora de ir embora e, junto dele, muitos outros seguiam em direção ao ponto de ônibus. Lá, pegaria a primeira de três conduções que o levariam até em casa.  De repente, desatento e apressado, sente esbarrar em alguém. Tenta seguir o caminho, como se nada tivesse acontecido, mas o remorso rapidamente o faz olhar para trás.

Ao se virar, depara-se com uma jovem, que o encara. A expressão dela parecia ser uma bronca. Talvez fosse uma lembrança de que ocasiões de novela merecem atitudes de novela. E, ainda bem, foi exatamente isso o que ele pensou. Aproximou-se, pediu perdão em voz quase inaudível e passou a recolher os livros espalhados pelo chão. Olhou nos olhos dela e, por alguns instantes, ficou paralisado. Nunca tinha encarado um olhar tão expressivo e bonito, tão cativante.

Ela sorria. Ele também. Por algum motivo desconhecido, pareciam estar presos àquela posição. Algo os conectava, já estava ficando evidente até para quem passava pela rua. Afinal, não é todo dia que se veem dois jovens jogados sobre a calçada, envoltos por livros e se encarando felizes e boquiabertos.

“Obrigada, João”, disse a moça. Ele se assustou, balbuciou, mas conseguiu perguntar como é que ela sabia o nome dele. Ela gargalhou. Riu muito, deixando-o extremamente envergonhado. Sem entender o porquê das risadas exageradas, perplexo, ele esperava por alguma resposta. “Você tem pescoço de João”, ele ouviu, e começou a rir também. Havia se esquecido do enorme pingente de prata que carregava com o próprio nome. Mas logo ela parou de rir. Como que num estalo, os olhos encheram d’água.

João, sem entender, levantou-se e ofereceu a mão a ela, para que também se colocasse de pé. Ela parecia encabulada, mas logo cedeu e estendeu o braço. Ao puxá-la, ele percebeu que ela também tinha um pingente de prata com o próprio nome, Isabel. Foi então que os olhos dos dois se encontraram novamente. Ambos começaram a chorar, sem dizer nem sequer uma palavra. Abraçaram-se, forte, por um bom tempo. Nada ali à volta – uma “volta” que já estava deserta – importava. Só o que importava era o outro.

Isabel o beijou. Ela não queria, naquele momento, palavras. (Foto: Talita Silva)

Isabel o beijou. Ela não queria, naquele momento, palavras. (Foto: Talita Silva)

Depois do longo e fraterno abraço, soltaram-se. João disse que não imaginava que um dia encontraria novamente o primeiro e prometido grande amor da vida dele, ainda mais em um uma situação como aquela, tão romântica – quando na TV – quanto desastrada. Isabel o beijou. Ela não queria, naquele momento, palavras. Só queria encontrar mais uma vez os lábios do primeiro amor, do namoradinho de adolescência que trocou pingentes com ela.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

37.839 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Gentil e sério - até a primeira piada. Adora economia, política e música clássica

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

novembro 2012
S T Q Q S S D
« out   dez »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

galeria de fotos

Cazuza Chico Buarque George Carlin

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.