Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #482 | 18/06/2018 - Ano XIX
 
Economia | Edição #349 - 09/10/2012

O poder persuasivo do marketing infantil

Profissionais da área investem pesado nas estratégias de venda para estimular o desejo de compra das crianças

Luiza Recco
Aluna de Jornalismo

Comentários
 

Crianças são o principal alvo da indústria publicitária (Foto: Fábio Melo)

A nova geração de crianças representa hoje parte de uma população sem limites, poderosa, pronta para ser capturada e  e explorada de todos os modos pela publicidade. Cientes de seu poder de influência, os profissionais de marketing investem pesado nas estratégias de venda de modo que a criança sinta-se encorajada a querer sempre mais.

Os pais, por sua vez, são vítimas desse consumo desenfreado, estimulado pela mídia, que usa os pequenos como alvos para atingi-los. Encontrar exemplos típicos de crianças que vivem intensamente  o desejo incontrolável do consumismo é mais fácil do que se imagina. Ter na garagem de casa um jet-ski novinho e sem uso, em plena cidade grande, é no mínimo estranho. O exemplo acima foi extraído do documentário “Criança, a alma do negócio” (2005). Isso mostra que o humano age compulsivamente no ato da compra. A vontade em ter determinado produto é puramente momentânea. Após um tempo, o “objeto do desejo” perde a importância e pode ser facilmente descartado.

Os pais, por sua vez, são vítimas desse consumo desenfreado, estimulado pela mídia, que usa os pequenos como alvos para atingi-los

Outro exemplo clássico, também retirado do documentário, ilustra a triste realidade da alienação que atinge todas as idades, e que, por sua vez, é causada pela mídia. Várias crianças são reunidas em um quarto e a dinâmica consiste em  fazer  com que elas saibam reconhecer e diferenciar um alimento de um símbolo de uma marca. Infelizmente, os resultados não foram nada satisfatórios. Só serviram para comprovar a tese da desinformação causada pelo excesso de exposição  a esses produtos midiáticos. Não é à toa que as crianças são o alvo preferido desses profissionais. Em média, todos os anos, a indústria publicitária mundial fatura o equivalente a US$ 40 bilhões. Um ótimo investimento para quem deseja conquistar sempre novos compradores.

Estudos recentes, e até documentários,  mostram que crianças que passam  muito tempo em frente à TV ou utilizam outros meios eletrônicos, apresentam mais dificuldades no aprendizado, pois estão constantemente ligadas às tecnologias. Por esta razão perdem, com o tempo, a capacidade do raciocínio rápido, a compreensão, tornam-se mais lentas, distraem-se facilmente.

Crianças que passam  muito tempo em frente à TV ou utilizam outros meios eletrônicos, apresentam mais dificuldades no aprendizado

De acordo com Gino Giacommini Filho, autor do livro ” Consumidor versus Propaganda” (1991), existem dois conceitos importantíssimos no contexto social que representam e diferenciam o poder de compra dos indivíduos: consumismo e consumerismo. O primeiro, representa o conjunto de comportamentos e atitudes suscetíveis de conduzir a um consumo sem critérios, compulsivo, irresponsável, ou seja, compra-se aquilo que não é necessário ter. Consumerismo, por sua vez, caracteriza-se como a organização de consumidores que atuam de forma sustentável, responsável, compram apenas o necessário. Nada de exageros. Preocupam-se com o próximo.

Com isso, a melhor saída é saber orientar a criança, mostrar os reais objetivos da propaganda. Mais cedo ou mais tarde ela será “bombardeada” com o assédio da mídia e, portanto, é importante que saiba diferenciar necessidade e desejo no momento da compra. Mas isso só vai ser possível se também os pais tiverem clareza sobre as “armadilhas” do marketing publicitário e conseguirem colocar, eles próprios, em prática o consumo consciente.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

31.174 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Considerada pela turma como ‘extremamente organizada’. Sou persistente e muito dedicada.

ver mais posts do autor »

 

Notícias

 

Calendário

outubro 2012
S T Q Q S S D
« set   nov »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

galeria de fotos

Mario Quintana Chico Buarque Cazuza

enquete

É preciso começar a discutir a sexualidade ainda na infância?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.