Cesumar - Centro Universitário de Maringá

Jornal Matéria Prima

 
  • Última Edição: #483 | 28/06/2018 - Ano XIX
 
Tecnologia | Edição #332 - 06/09/2011

Street View, ferramenta de invasão à privacidade

Recurso de alta tecnologia da empresa americana Google, pode ser grande perigo quando não utilizado corretamente

Aguinaldo Lorca Ventura
Aluno de Jornalismo

Comentários
 
Street View (Imagem/ Márcio Smolen)

Flagra de um dos carros da empresa Google mapeando a cidade (Imagem/ Márcio Smolen)

O Google foi fundado em 1996 pelos então estudantes de doutorado da Universidade de Stanford, Lawrence Edward Page e Sergey Mihalovich Brim, mais conhecidos como Larry Page e Sergey Brim. Nesses estudos, os doutorandos tinham como principal objetivo desenvolver um site de busca com publicidade discreta, e que facilitasse e avançasse as pesquisas de web.

Onze anos depois, o Google já consolidado no mercado como um dos maiores serviços de pesquisa da internet, lança mais um de muitos de seus recursos rentáveis e de alta tecnologia, o Street View. Essa ferramenta permite mapear as cidades por meio de imagens em 360 graus, no nível da rua, dando a opção de referenciar os principais pontos turísticos e/ou restaurantes, shoppings e áreas de lazer. Em 2009, dois anos após ter lançado o Street View em cinco cidades americanas, a empresa Google começa o mapeamento em algumas cidades brasileiras, como São Paulo e Rio de Janeiro.

Esse mapeamento das cidades torna fácil a visualização completa de qualquer região. Isso ocorre por meio de outras tecnologias, como o Global Positining System, o GPS, como é mais conhecido, que pode ser usado em veículos ou no telefone celular.

O GPS partilha das informações coletadas pelo Google Brasil, ou seja, não é necessário que o cidadão saia de casa para pedir informações a estranhos, ou procurar em gigantescos mapas a direção que deve seguir. A ferramenta exige apenas que se digite o endereço e a localidade e, <i>voilá</i>, fará tudo pelo usuário, mostrando com imagens dinâmicas o perímetro e os detalhes de vários lugares em diferentes ângulos.

Em Maringá, na primeira semana do mês de agosto, um carro do Google Street View foi visto mapeando a cidade. O que para muitos pode ser ponto positivo, pois facilita o deslocamento de quem não está acostumado ao trânsito ou a algumas regiões da cidade, também pode ser negativo, porque compromete a privacidade de outros cidadãos mais reservados.

A prova de que a ferramenta Street View merece ser reformulada são os constantes flagrantes de cenas chocantes, como assassinatos ou, até mesmo, sexo explícito. Essas imagens, captadas pelas câmeras da empresa em todo o mundo, podem ser acessadas por qualquer público, inclusive crianças e adolescentes.

É importante lembrar também que a empresa já foi notificada e até mesmo processada diversas vezes. Isso, porque, ao delimitar o espaço dos cidadãos, retira a privacidade de quem está dentro do raio de imagem de 360 graus. A funcionalidade desse projeto, de um lado facilitando a localização e o deslocamento, vem sendo prejudicado por pessoas de má índole. Já há relatos de assaltos em áreas previamente identificadas pelo Street View.

Uma solução a ser verificada pela empresa Google Brasil seria a retirada das imagens captadas também pelo satélite, do perímetro e de localidades não centrais das cidades. Isso foi feito após a empresa ser processada por uma mulher do Japão, que teve a casa filmada de vários ângulos. Ela não quis ser identificada, pois se sentiu prejudicada com a publicação. Se conseguir deixar de invadir a privacidade alheia, o Google Street View conseguirá cumprir o papel de informar e facilitar a mobilidade da população nas cidades.

Discussão e comentários »

Não há comentários | Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copie a Senha gerada. *

* Digite ou cole senha aqui. *

32.898 Spam Comments Blocked so far by Spam Free Wordpress

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

sobre o autor

Notícias

 

Calendário

setembro 2011
S T Q Q S S D
« ago   nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

galeria de fotos

Mario Quintana Chico Buarque Cazuza

enquete

Você gostou das edições do JMP deste primeiro semestre?

Ver Resultados

Loading ... Loading ...
 

Jornal Matéria Prima é produzido por alunos do curso de Jornalismo do Centro Universitário Cesumar - UniCesumar - na disciplina Técnica de Reportagem.

 

Publicado com WordPress / Laboratório de Notícias

Proibida a reprodução sem autorização do autor ou da Unicesumar

©2011-2018 Jornal Matéria Prima. Todos os Direitos Reservados.